Notícias

Diário de Arqueologia: Guerrópolis!

Diário de Arqueologia: Guerrópolis!

Conseguimos outra página do Diário Arqueológico do Professor Tony. Ele tem pesquisado informações sobre um lugar chamado Guerrópolis! Vamos dar uma olhada...

Dune-feira, 16 de invernubro

Excelente! Outro sítio de escavação em potencial foi descoberto!

Aqueles magos malucos de Yanille relataram uma estranha luz azul vinda da direção de Oo'glog há alguns meses, mas só recentemente alguém foi até lá ver. Antes tarde do que nunca!

Parece que a recente derrubada da arena da Mobilização de Exércitos perturbou a terra, e de alguma maneira essa ruptura deve ter atraído a fonte do brilho misterioso: doze ou mais criaturinhas inquietas que por enquanto estou chamando de “Espíritos Temporais”. Parece que elas estão tão interessadas na história de Gielinor quanto nós.

Elas nos levaram para uma coleção dos artefatos mais estranhos que já vi. Escudos, elmos e malhas, tudo decorado com símbolos tribais dos duendes, mas com designs tão sofisticados que não consigo imaginar que tenham sido feitos pelos próprios duendes. Enviei uma amostra para dois de nossos especialistas em duendes mais conceituados para ver se eles podem nos dar uma luz...

Essianmingo, 20 de invernubro


Ei, Tony, seu humano fedorento –

Pra que perguntar pra Narizcurvo? Ele num sabe nada da cultura dos duende! Ele só quer saber de coisa do Supremo Deus da Guerra. Ele devia ir morar em Guerrópolis se gosta tanto do Deus da Guerra.

Me chama quando tiver mercadoria duende das boa pra comprar. Chega de lixo inútil!

-General Verrugoso


Ei, Tony, seu humano feioso –

Por que foi mandar isso pro Verrugoso? Ele é burro demais pra saber sobre armas boas e fortes do Supremo Deus da Guerra. É tão burro que nem deve saber sobre a Guerra da Forja. Pfff!

Da próxima vez, manda essas coisa direto pra mim. Sou um duende inteligente, diferente daquele fedorento do Verrugoso.

- General Narizcurvo


Aff... não sei o que eu estava esperando. Nenhum dos generais duendes souberam me dizer alguma coisa sobre os artefatos que mandei para eles. O pior é que vários dos objetos voltaram com marcas em formato de duende!

Mas é interessante que eles mencionam Guerrópolis. Esse nome apareceu em várias obras históricas das Colinas de Feldip que estou lendo. Pelo que estou percebendo, era um tipo de instituição militar afiliada a Bandos e seus exércitos. Mas os registros não dizem muito sobre o que aconteceu lá, só que jovens duendes eram enviados para lá e saíam grandes guerreiros. Assustador!

Se ao menos houvesse alguém inteligente por aqui que também tivesse um ótimo entendimento sobre a cultura duende… e não tivesse vontade de esmagar a cabeça de alguém com os artefatos que encontrasse. Bem, não consigo pensar em ninguém que se encaixe nessa descrição.

Acho que vou dar uma olhada no Monólito antes de ir dormir…

Ivan-feira, 21 de invernubro

Minha nossa! Acabei de acordar com o barulho de algo na minha janela. Achei que eram aqueles ladrões de novo, mas quando abri o postigo, uma carta caiu! Parece que tenho uma fonte anônima de informações - e que informações!


Caro professor Tony,

Você não me conhece, mas sei muito sobre você. Por exemplo, eu sei que sua investigação o levou até Guerrópolis.

Um... amigo, digamos, sugeriu que eu participasse como seu especialista. Guerrópolis é extremamente importante para as tribos duendes, já que é o local dos seus maiores triunfos e também de sua maior tragédia.

Eu conheço muitas histórias sobre Guerrópolis, e nenhuma delas é boa. Sim, foi onde Bandos treinou seus exércitos, mas foi também onde ele colocou seus fiéis seguidores uns contra os outros em batalhas sangrentas até a morte. Os sobreviventes eram vendidos como mercenários, e Bandos usava seu lucro para construir máquinas de guerra ainda mais terríveis.

Mas em algum momento, tudo mudou. Diz a lenda que logo antes de Bandos ser banido, no final da Guerra dos Deuses, ele derrubou a estrutura subterrânea com seus exércitos dentro. Acho que ele decidiu que, se ele não pudesse ter seus brinquedinhos, ninguém poderia.

O período depois disso é conhecido apenas como “Guerra da Forja”. Ninguém sabe com certeza o que aconteceu nas ruinas de Guerrópolis, além do fato de que alguns duendes sortudos escaparam, e depois nunca mais falaram sobre a experiência.

Eu adoraria participar da sua expedição, se você permitir. Sinceramente, tenho meus próprios motivos para descobrir a verdade sobre o que aconteceu em Guerrópolis. E acho que você vai precisar de alguém que já se acostumou com a escuridão.

Atenciosamente,

Uma amiga


E o que eu faço com isso? O que pensar de uma pessoa que se esgueira no escuro, do lado de fora da minha janela? Com certeza, há maneiras menos sinistras de mandar uma carta. Mas parece que essa pessoa, seja lá quem for, sabe mais sobre Guerrópolis do que qualquer outra pessoa com quem falei. Talvez ela possa ajudar, no final das contas...

Opa, parece que o Tony percebeu nossas tramoias. Só por precaupção, é melhor não roubar mais páginas do Diário.

Se você está procurando mais informações sobre Arqueologia, terá de esperar pelos vídeos da Estrada para a Arqueologia, onde vai aprender tudo o que precisa saber sobre como a habilidade funciona.

Até lá, bom Runescape!